Artigo - Todo dia é o dia da Poluição

Todo dia é o dia da Poluição

Dia 14 de agosto foi o Dia de Combate à Poluição. Existem muitas formas de poluição, algumas bem conhecidas e visíveis como a causada pela sujeira jogada nas ruas e pelas emissões dos veículos automotores. O resultado são cidades insalubres e cada vez mais impróprias para uma vida com boa qualidade. Há também outras menos conhecidas mas que nem por isso deixam de nos incomodar, como a poluição sonora e a visual. É fato que todos os tipos de poluição são em maior ou menor escala prejudiciais à nossa saúde física e mental, e que poderíamos viver bem melhor se não existissem.

Costumamos pensar nos diversos tipos de poluição como problemas exógenos,  cuja solução está fora de nosso alcance ou poder de ação individual. Mas se pararmos para refletir perceberemos que existe aquela poluição causada diretamente por nossas ações e estilo de vida, sobre a qual não costumamos pensar muito. É comum desconhecermos os nossos próprios impactos sobre o meio em que vivemos. Um bom exemplo disso são os impactos do lixo gerado em nossas residências. O lixo orgânico ou biodegradável, composto por restos de alimentos, plantas e diversos tipos de papéis, ao ser enviado a um aterro sanitário gera dois tipos de subprodutos: (i) o chorume, que é o líquido resultante da decomposição dos resíduos e que deve ser coletado para que não polua o solo e os lençóis freáticos de água e (ii) o gás metano, que também precisa ser coletado e muitas vezes é queimado para se transformar em CO2, um gás menos poluente que o próprio metano. Já o lixo inorgânico como o plástico, que não se biodegrada com facilidade, demora centenas de anos para se decompor em um aterro sanitário.

Não é possível ao ser humano viver sem causar impactos ao meio ambiente, ao menos no estado da tecnologia atual. No caso do lixo orgânico, aterros sanitários bem controlados fazem a coleta do chorume e seu correto tratamento e descarte. Já o gás metano pode ser utilizado para gerar energia elétrica para abastecer as cidades. Mas dentro das nossas possibilidades individuais podemos também contribuir para diminuir nossa pegada ambiental, principalmente reduzindo a quantidade de lixo que geramos. Praticar os três R's - Reduzir, Reutilizar e Reciclar, nessa ordem, é o primeiro passo para isso.

Artigo produzido por Letycia Janot e Maria Fernanda Franco, também publicado no site Greenvana Style, disponível clicando aqui 

Poluição do Ar


Categoria: Artigo

Publicado em:

 
 
© 2011 Iniciativa Água na Jarra. Todos os direitos reservados - www.aguanajarra.com.br

 Busca   |   Contate-nos   |   Cadastre-se   |
By Redbit